MANIFESTO ECONOMIA SOLIDÁRIA

Nós, trabalhadoras e trabalhadores da economia solidária, apoiamos a reeleição do deputado Paulo Teixeira e confiamos em seu mandato para a conquista das seguintes propostas, tidas como prioritárias e urgentes:
Trabalhar pelo desenvolvimento da economia solidária.
Aprovar o Projeto de Lei da Política Nacional da Economia Solidária.
Criar o Sistema Nacional da Economia Solidária.
Priorizar produtos oriundos da economia solidária para a composição da merenda escolar e nos diferentes programas de aquisição de alimentos.
Incluir na lei de licitações possibilidades de priorização de produtos e serviços oriundos da economia solidária nas compras públicas.
Incluir empreendimentos econômicos solidários no Super Simples.
Construir, aprovar e sancionar um novo marco jurídico para as cooperativas, possibilitando que empreendimentos econômicos solidários se formalizem como cooperativas.
Possibilitar que as entidades da economia solidária tenham acesso à gestão e aos recursos do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP)
Obter o reconhecimento das instituições de finanças solidárias, particularmente os bancos comunitários e os fundos rotativos.
Criar linhas de crédito específicas e com juros equalizados para a economia solidária.
Fortalecer o cooperativismo social.
Apoiar empresas recuperadas por trabalhadores e trabalhadoras organizados em autogestão.
Apoiar as cooperativas de catadores e catadoras de material reciclável.
Baixe o PDF deste Manifesto aqui